31 março 2011

Vibrolipoaspiração

técnica de vibroaspirar consisti em introduzir pequenas cânulas fininhas realizando movimento rotativos, permitindo assim uma maior retirada de gordura com menor trauma para o paciente. Durante o procedimento o aparelho produz pequenas vibrações na cânula que suga a gordura fazendo uma sucção a vácuo, necessitando menos esforço do cirurgião e evitando maiores sangramentos.

Sem aqueles eternos movimentos de vai-e-vem os hematomas são menores e o aparecimento de manchas arroxeadas é quase nula. Por ser um procedimento menos invasivo, e em alguns casos não necessitar de anestesia, ele dispensa exames pré-cirúrgicos mais elaborados, necessitando apenas de exame de sangue e de urina. Mas se você já passou dos 30 anos é melhor prevenir e certificar-se de que tudo está em ordem, para isso uma ida ao cardiologista antes de realizar a vibrolipoaspiração é essencial.

Nos primeiros dias é comum ocorrer uma pequena dor local, que tende a passar rápido, o contrário das lipoaspirações tradicionais. Por conta do trauma menor a dor fica restrita mas no dia do procedimento do que nos subsequentes. Quando houver necessidade de anestesia ela irá depender do local a ser introduzido o instrumento lipoaspiratório. Se for abaixo da região da cintura, os médicos aconselham que uma peridural faça mais efeito que uma local. Cada caso é diferente e só o cirurgião poderá decidir qual o melhor para você.

Como a técnica de Vibrolipoaspiração é nova no Brasil, nem todos os médicos ainda estão aptos a realizar esse procedimento. Se você tem dúvida ou desconfia do médico que irá realizar sua operação procure o Conselho Regional de Medicina de sua cidade ou a Sociedade de Brasileira de Cirurgia Plástica e informe-se sobre o cirurgião. Em caso de novas técnicas é melhor não arriscar e sempre se preocupar primeiro com a saúde e sua segurança.

Devemos sempre lembrar que qualquer tipo de lipoaspiração não é uma técnica de emagrecimento rápido. Para o procedimento dar certo é necessário que você esteja com a saúde e o peso em dia, afinal a lipo só retira partes excedentes de gordura localizada e não faz milagres. O limite máximo para retirada de gordura do corpo nesses procedimentos não pode ultrapassar mais que 7% do peso corporal do paciente. A Vibrolipoaspiração pode ser aplicada no abdome, culotes, coxas, dorso, papada, joelhos, braços e axilas.

Verifique sempre com seu médico qual a melhor opção de lipo para seu caso. Não esqueça nunca de realizar todos os exames médicos antes de realizar qualquer procedimento cirúrgico e verifique com outros pacientes que já realizaram essa prática para ter certeza do resultado final.

RESUMINDO

- Técnica: Vibrolipoaspiração. 
- O que é: técnica realizada com anestésicos locais e adrenalina. Nessa opção de lipoaspiração, a gordura é aspirada através de um aparelho acoplado à cânula - que é bem fina - que faz com que ela vibre durante o procedimento. A associação de todos esses fatores facilita a aspiração. Isso porque as cânulas, ao vibrarem, quebram as células de gordura, fazendo com que a sua penetração seja facilitada, assim como a aspiração. O trauma no tecido gorduroso também é muito menor. 
- Indicação: pessoas com acúmulos de gordura em várias regiões do corpo, como abdômen, flancos, costas, braços, pernas, e que almejam por um pós-operatório tranqüilo e que possam voltar ao trabalho sem sentir dor ou incômodo. 
- Vantagens: como há menos dor e sangramento no período pós-operatório, a recuperação dessa lipoaspiração é mais rápida e também há menos chances de irregularidades. A paciente está liberada para voltar ao trabalho após uma semana e também pode dirigir, após esse período. Porém, deve evitar movimentos bruscos. 
- Desvantagens: a recuperação acontece como na lipoaspiração tradicional: os pontos devem ser retirados entre sete e 14 dias, é preciso usar a cinta elástica pelo período de 45 dias, em média, e as sessões de ultra-som e drenagem linfática são obrigatórias, liberadas depois de sete dias do procedimento. 
- Resultados: os inchaços desaparecem já no primeiro mês e a retração da pele ocorre entre 60 e 90 dias. Mas a recuperação total se dá após seis meses da cirurgia. 
- Preço: a partir de R$ 5,5 mil.