15 novembro 2010

O corpo que se merece

Cintura fina, barriga chapada e culote zerado. Essa é a Santíssima Trindade feminina.

[...]

Solução na ponta do bisturi

Para uma cintura fina
Lipoaspiração a laser

Como é: sob anestesia local com sedação, a cânula é introduzida através de pequenas incisões, aquecendo a região. O calor do laser dissolve a gordura que é aspirada por outra cânula ou naturalmente eliminada pelo sistema linfático. “O cirurgião deve ter muito cuidado ao chegar próximo da superfície da pele para não promover imperfeições”, diz o cirurgião plástico Alberto Birmann (RJ).
Pós-operatório: evite exposição solar por um mês. Faça sessões de drenagem linfática da primeira semana até o terceiro mês. A cinta compressiva deve ser usada por seis meses e as atividades normais podem ser retomadas após 15 dias, quando o novo contorno já é percebido a olho nu. Depois de um mês, o resultado já é de 70%, e no sexto, o resultado já é o final.

Para zerar o culote
Vibrolipoaspiração

Como é: indicada para os casos de gordura localizada, é realizada sob anestesia peridural ou local com sedação, as incisões são pequenas e a cirurgia dura de uma a quatro horas. Os movimentos de vai-e-vem da cânula de sucção associados à vibrações provocadas pelo aparelho proporciona uma cirurgia com menos esforço e mais suavidade para o paciente e cirurgião.
Pós-operatório: “Esta técnica tem como grande diferencial o rápido retorno às atividades normais do paciente e um pós-operatório menos doloroso e com menor incidência de hematomas e inchaço” explica o cirurgião plástico Herbert Gauss (SP). O resultado é melhor visualizado após um mês da cirurgia, com resultado final após três a seis meses.

Para uma barriga chapada
Miniabdominoplastia

Como é: após a marcação da área a ser retirada (normalmente escondida pelas roupas íntimas) infiltra-se solução vaso constritora, para prevenir sangramento dos tecidos. São feitas as incisões para realizar o descolamento da área flácida, para em seguida fazer a tração e reposicionamento dos tecidos, depois a região é suturada com pontos internos.
Pós-operatório: é indicado repouso nas duas primeiras semanas, as atividades podem ser retomadas entre 10 e 20 dias, e use a cinta pós-cirúrgica por 45 dias.

O milagre da CINTA!
Quem olha, acha que você emagreceu uns 5 kg do dia para noite. Mas só você sabe que o nome desse milagre é cinta modeladora. Feitas de cetinete, elas “não comprimem a região, apenas massageiam, já que não limitam os movimentos e nem causam desconforto, modelando o corpo e contornando a silhueta de maneira natural”, explica Rosana Garcia, do setor de desenvolvimento e pesquisas da Yoga, empresa de cintas modeladoras de São Paulo. Com as cintas é possível reduzir até dois manequins. Os modelos mais utilizados para quem busca camuflar os excessos na cintura, nos quadris e no culote são o modelador com pernas e alças largas e sem recorte embaixo do busto e o modelador sem busto, com pernas e abertura frontal. Em média, cada peça custa de R$ 130 a R$ 180, conforme o modelo.


Resultado mágicos na palma da mão
Selecionamos alguns cosméticos que prometem enxugar todas as gordurinhas do corpo.
1. Natura Chronos Bio-redutor, Natura, R$ 88.
2. Lipometric, Vichy, R$ 105.
3. Reduxcel Plus SML Abdômen, Adcos, R$ 106.
4. My Silhoutte, Nivea, R$ 32.
5. Gel Redutor, Kendra, R$ 32.
6. Gel Lipo Tract, Natupele, R$ 70.
7. Redutor Abdominal Spécial Ventre Lipo-Redutor Elancyl, Galénic, R$ 140.
8. Addition Concentré Minceur, Clarins, R$ 274 (2 frascos)


fonte aqui